Efetue o login para postar uma mensagem

Cadastre-se
2 entries.
simone brito desde GUARULHOS escrito em 14/08/2018:
Bom dia ! Tenho duvidas sobre desarquivamento de processo. Fiz o protocolo da petição no distribuidor físico do forum de Guarulhos há algumas semanas e até o momento não recebi nenhuma informação sobre a chegada dos autos no cartório da vara. Em contato com o cartório, me disseram que o serviço de desarquivamento é feito por empresa contratada e que pode demorar. Deveria ter peticionado pelo portal / e-saj ? É por isso que está demorando ? ou a demora é normal ? Obrigada !
Bom dia ! Tenho duvidas sobre desarquivamento de processo. Fiz o protocolo da petição no distribuidor físico do forum de Guarulhos há algumas semanas e até o momento não recebi nenhuma informação sobre a chegada dos autos no cartório da vara. Em contato com o cartório, me disseram que o serviço de desarquivamento é feito por empresa contratada e que pode demorar. Deveria ter peticionado pelo portal / e-saj ? É por isso que está demorando ? ou a demora é normal ? Obrigada !
Admin Reply by: carlospaludeto
Boa tarde, Prezada Colega existem processos que levam mais tempo que outros para o desarquivamento. São Paulo, que já foi recordista no tempo de desarquivamento de processos, atualmente, segundo o TJ/SP, tem um prazo médio de 5 dias. O TJ/SP informa que os prazos praticados para os autos oriundos da comarca da capital são de : Até 5 dias úteis para os processos requisitados pelos cartórios da capital, contados a partir da data do protocolo da requisição; De 2 a 48 horas para os requisitados diretamente no balcão de consultas do arquivo, sito na Rua dos Sorocabanos, 680 – Ipiranga; Tratando-se de desarquivamentos de autos oriundos das comarcas do interior do Estado de São Paulo, os prazos, segundo o TJ/SP, são : A regra geral é do atendimento ocorrer em até 5 dias úteis, contados do dia posterior ao da requisição informatizada do feito, regularmente formulada pelo TJ/SP diretamente na WEB e em programa desenvolvido para este fim, até efetiva entrega na comarca pela Recall do Brasil Ltda; (gera-se uma Ordem de Serviço datada e numerada e que viabiliza o controle de prazo e peça fundamental para reclamação de não atendimento). Ainda segundo o TJ/SP, para os processos das comarcas do Estado de São Paulo existe a modalidade de guarda condensada dos arquivos, que significa que o acervo anterior a 1985 é armazenado de forma diferenciada e condensada por metro cúbico e cujo prazo de desarquivamento é de até 20 dias úteis, contados do dia útil imediato ao da requisição informatizada. Quanto ao protocolo ter sido físico, ou digital, a que se verificar se os autos são físicos ou digitais, pois para cada um deve seguir o procedimento, ou seja para autos físicos o protocolo do pedido de desarquivamento deve ser físico para autos digitais deve ser via E-saj. Certo... Read more
Boa tarde, Prezada Colega existem processos que levam mais tempo que outros para o desarquivamento. São Paulo, que já foi recordista no tempo de desarquivamento de processos, atualmente, segundo o TJ/SP, tem um prazo médio de 5 dias. O TJ/SP informa que os prazos praticados para os autos oriundos da comarca da capital são de : Até 5 dias úteis para os processos requisitados pelos cartórios da capital, contados a partir da data do protocolo da requisição; De 2 a 48 horas para os requisitados diretamente no balcão de consultas do arquivo, sito na Rua dos Sorocabanos, 680 – Ipiranga; Tratando-se de desarquivamentos de autos oriundos das comarcas do interior do Estado de São Paulo, os prazos, segundo o TJ/SP, são : A regra geral é do atendimento ocorrer em até 5 dias úteis, contados do dia posterior ao da requisição informatizada do feito, regularmente formulada pelo TJ/SP diretamente na WEB e em programa desenvolvido para este fim, até efetiva entrega na comarca pela Recall do Brasil Ltda; (gera-se uma Ordem de Serviço datada e numerada e que viabiliza o controle de prazo e peça fundamental para reclamação de não atendimento). Ainda segundo o TJ/SP, para os processos das comarcas do Estado de São Paulo existe a modalidade de guarda condensada dos arquivos, que significa que o acervo anterior a 1985 é armazenado de forma diferenciada e condensada por metro cúbico e cujo prazo de desarquivamento é de até 20 dias úteis, contados do dia útil imediato ao da requisição informatizada. Quanto ao protocolo ter sido físico, ou digital, a que se verificar se os autos são físicos ou digitais, pois para cada um deve seguir o procedimento, ou seja para autos físicos o protocolo do pedido de desarquivamento deve ser físico para autos digitais deve ser via E-saj. Certo de ter lhe auxiliado, permanecemos a disposição.
MARIA SILVA LEANDRO desde GUARULHOS escrito em 25/04/2018:
Bom dia. Prezado(a) Dr(a). Em uma ação de Divorcio Consensual Judicial: Fui contratada pelos dois cônjuges, devo formalizar contrato de honorários com os 2? Pelo fato do processo ser eletrônico, devo em algum momento apresentar documento original ou autenticado?
Bom dia. Prezado(a) Dr(a). Em uma ação de Divorcio Consensual Judicial: Fui contratada pelos dois cônjuges, devo formalizar contrato de honorários com os 2? Pelo fato do processo ser eletrônico, devo em algum momento apresentar documento original ou autenticado?
Admin Reply by: carlospaludeto
Boa noite, prezada colega, sim deve-se formalizar o contrato de honorário com ambos. No processo eletrônico apresenta-se somente a copia digitalizada dos documentos, pois o advogado tem poderes para dar autenticidade aos documentos por ele apresentados.
Boa noite, prezada colega, sim deve-se formalizar o contrato de honorário com ambos. No processo eletrônico apresenta-se somente a copia digitalizada dos documentos, pois o advogado tem poderes para dar autenticidade aos documentos por ele apresentados.

Newsletter da
OAB Guarulhos

Receba novidades, agenda de palestras e eventos da OAB Guarulhos por e-mail!
CADASTRE-SE