Palavra do Presidente

Palavra do Presidente

Qual a melhor área para atuação do advogado?

A sociedade vive em constante transformação, o que também se reflete nas suas instituições. Muitos progressos já foram alcançados, porém muitos mais deverão ocorrer, e isso deve nos servir como motivação.

O fato de tomarmos conhecimento, quase todos os dias, de escândalos de corrupção, não é nada agradável, no entanto é sinal de que algo está mudando. Mas afinal, o copo está meio cheio ou meio vazio? Certamente a resposta a esta pergunta vai depender do olhar do observador, e mais ainda de sua visão de futuro. Analisar o momento atual sem considerar o passado e principalmente o futuro pode levar a interpretações distorcidas.

Da mesma forma que a sociedade precisa evoluir, a advocacia também, e este é um momento de ruptura e transformação, o advogado, além de todo o conhecimento na área jurídica, precisa ter uma visão empreendedora, cuidar de sua carreira de forma estratégica, com planejamento, metas e objetivos.

Precisamos superar o paradigma segundo o qual o advogado atua na área cível, penal, trabalhista ou tributário. Apesar de ser correto dizer que a especialização é importante, ela não pode ser somente quanto a um dos ramos do direito, a especialização precisa estar alinhada ao nicho de mercado em que o advogado atua ou pretende atuar, ou seja, para atender bem seus clientes, o advogado deve entender bem as necessidades do segmento em que o mesmo está inserido.

Ao empresário pouco interessa se o advogado é especialista em direito civil, por exemplo, o que ele deseja é que seu advogado lhe entenda e aplique seus conhecimentos na soluções de seus problemas jurídicos, que podem ser bem específicos.

Em suma, para atuar no segmento de transportes e logística se faz imprescindível que o advogado conheça como funciona uma transportadora, quais os riscos envolvidos na atividade, as regras tributárias e trabalhistas incidentes, para, a partir daí, organizar seu escritório, ou até mesmo a composição de sua sociedade.

Em virtude da enorme quantidade de alterações legislativas, fica cada vez mais difícil a atuação do advogado generalista, além de que o especialista, sempre é mais valorizado. Pensando nisso temos procurado abrir canais de diálogo com as lideranças dos principais setores empresariais de Guarulhos, para num segundo momento fomentarmos a criação de parcerias colaborativas, através de congressos e workshops.

Nesta semana estive reunido com representantes de dois grandes sindicatos da região o SETCESP e o SINDICARGAS, justamente buscando formas de fortalecer o mercado de trabalho do advogado de nossa cidade, a reunião foi promissora e em breve teremos ótimas novidades para nossa classe.

Alexandre de Sá Domingues

Compartilhe este artigo: