Mas o que isso tem a ver com o meu sucesso?

Mas o que isso tem a ver com o meu sucesso?

Na última semana comemoramos o dia do advogado, data celebrada em conjunto com a criação dos cursos de direito no Brasil.

Como parte das comemorações, pelo dia do advogado, a OAB Guarulhos preparou algumas novidades, entre as quais destacam-se a renovação do site institucional, a criação de um aplicativo para smartphones, a inauguração do Espaço Zen, a realização do Café da Manhã no Dia do Advogado e o Grandioso Baile do Advogado de Guarulhos.

Certamente alguém pode se perguntar, mas o que isso tem a ver com o sucesso na advocacia, e me atrevo a dizer que tem tudo a ver; pois muitos dos problemas enfrentados pelos advogados no dia-a-dia estão relacionados justamente com a falta de união da classe.

Sem a menor sombra de dúvidas, a advocacia tem todos as condições de ser a classe mais forte do país, tendo em vista a quantidade e a qualidade dos seus quadros, o que nos falta é uma atuação conjunta.

Só em Guarulhos temos mais de cinco mil advogados inscritos e isso mostra o potencial que temos para realizar profundas transformações, não só na estrutura do Poder Judiciário, mas em todas as questões de interesse da sociedade.

Somos condicionados desde sempre a focar nossas energias nas diferenças que temos uns dos outros, buscando destacar os defeitos de nossos colegas, mas para o atender aos interesses da classe precisamos nos focar naquilo que temos em comum, e identificar os objetivos que devemos perseguir em conjunto.

Iniciativas como as que narrei no início deste texto tem por objetivo unir a classe e despertar em nós um sentimento de que é possível fazer mais e melhor, dizendo isso não se pretende estabelecer comparativo com gestões anteriores, muito pelo contrário, nada seria possível de fazer sem as conquistas feitas no passado, cada diretoria que esteve à frente da subseção contribuiu para o momento que estamos vivendo, desde àquela primeira diretoria, que em 1976, foi responsável pela instalação da subseção, lá se vão 40 anos.

O sentimento de gratidão e reconhecimento pelo trabalho desenvolvido pelos nossos antecessores é imprescindível para tirar de dentro da OAB a cultura deletéria que herdamos da política partidária, segunda a qual, nada do que foi feito antes teve valor.

Participamos todos nós da construção de uma advocacia fortalecida e respeitada, cheia de vida e de valor. Importantíssimo trabalhar a nossa auto estima, reconhecermos nosso valor e tudo o que conquistamos, sempre atentos a corrigir os pequenos desvios de rota, certos de que todos nós desejamos uma advocacia cidadã e democrática.

Sim, o sucesso de cada um de nós advogados, depende do sucesso de nossa instituição, a qual não existe sem a união de cada advogado, do mais jovem ao mais experiente.

 

Alexandre de Sá Domingues

Presidente 2016/2018

Compartilhe este artigo: